Não aprovou cookies click em:

Projeto Referenciar +


FICHA DE PROJETO REFERENCIAR +   


                                                                                    


Designação do Projeto | REFERENCIAR +

Código do projeto | POCI-02-0550-FEDER-022146 | POCI-05-5763-FSE-022146

Objetivo principal | Melhorar o acesso às tecnologias da informação e da comunicação, bem como a sua utilização e qualidade

Região de Intervenção | Lisboa

Entidade beneficiária | Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências


Data de início | 10-03-2017                                                                                                

Data de conclusão | 12-08-2020

Custo total elegível | 597.673,31 €

Apoio Financeiro da UE | FEDER: 302.275,40 € | FSE: 38.099,55 €


O SICAD ENCERROU EM AGOSTO DE 2020 O PROJETO REFERENCIAR +.


O projeto REFERENCIAR + teve por objetivo a implementação de soluções integradas e conjuntas, com o principal foco de servir/auxiliar o cidadão em tempo útil, promovendo a máxima qualidade do serviço prestado por via da disponibilização dos melhores mecanismos de resposta, assente em princípios de desmaterialização e modernização administrativos, cruciais na otimização do funcionamento das redes de intervenção e no incremento do grau de eficiência e qualidade dos seus serviços.

Tendo executado investimento no total de 525.581,67€, o que corresponde a uma taxa de Execução de 99,02%, os objetivos do projeto foram, assim, alcançados, na sua totalidade, nomeadamente:​

  • Desenvolvimento de uma solução que permite gerir, de forma desmaterializada, os Contratos de Convenção de tratamento no âmbito dos comportamentos aditivos e dependências, acessível a todos os intervenientes envolvidos (SICAD; ARS’s; IP; ERS e IGAS).
  • Disponibilização de uma ferramenta de comunicação entre serviços de tratamento públicos e privados, que permitirá imprimir maior eficiência e qualidade em todo o processo assistencial, por via da utilização de uma plataforma única/comum (devidamente adaptada a cada tipo de unidade) e que será utilizada no registo clínico dos utentes em tratamento nas unidades privadas convencionadas.
  • Desenvolvimento de uma solução que possibilite a deteção precoce e que igualmente permita intervenções breves dirigidas aos utentes dos cuidados primários de saúde, que evidenciem consumo de álcool ou outras substâncias aditivas.


Para alcançar os objectivos propostos, o SICAD desenvolveu as seguintes Atividades:


Atividade 1 . Gestão e Acompanhamento do Projeto;

Atividade 2 . Reengenharia de processos;

Atividade 3 . Desenvolvimento de solução para gestão dos Contratos de Convenção com as unidades privadas de tratamento no âmbito dos comportamentos aditivos e dependências;

Atividade 4 . Desenvolvimento de solução para registo clínico dos utentes em tratamento nas unidades privadas;

Atividade 5 . Desenvolvimento de solução para suporte à referenciação no âmbito dos cuidados aos utentes com comportamentos aditivos e dependências;

Atividade 6 . Divulgação e Disseminação de Resultados.